Pai que deixou filho após acidente diz que perambulou pelas ruas de Bauru

31/10/2012 07:21

Homem prestou depoimento nesta 3ª feira e demonstrou arrependimento.
Menino de 4 anos ficou ferido e sozinho dentro de veículo até ser socorrido.

 

Alan Schneider Do G1 Bauru e Marília

 

O pai que deixou o filho, de 4 anos, ferido dentro de um carro após acidente na madrugada do último dia 27 em Bauru (SP), prestou depoimento na tarde desta terça-feira (30) no 1º Distrito Policial, por pouco mais de uma hora. Com hematomas no rosto e acompanhado por um cunhado e uma irmã, ele se apresentou à polícia depois de ficar desaparecido por quatro dias.

Segundo o advogado que defende o pai da criança, seu cliente não fugiu do local do acidente. “Tudo não passou de um mal entendido. Ele não fugiu do local, mas sim foi procurar por socorro na casa de parentes que moram próximo ao local. Depois desmaiou, ficou desorientado e acabou perambulando pelas ruas da cidade até ser localizado por parentes, no bairro Bela Vista”, alegou.

Pai do menino de quatro anos disse que estava passando mal (Foto: Alan Schneider / G1 Bauru e Marília)
Pai do menino de quatro anos disse que estava passando mal (Foto: Alan Schneider / G1 Bauru e Marília)

O defensor também contou que o pai do menino tomou cerveja no começo da noite de sexta-feira (26), mas que não teria influenciado no acidente. “Ele havia trabalhado na tarde de sexta-feira. Depois esteve em um bar com os amigos e tomou cerveja. Mas foi para casa, jantou e dormiu. No momento do acidente estava chovendo e ele não tinha uma boa visibilidade. Agora, ele vai passar por atendimento médico", informou.

Para o delegado que cuida do caso, Dinair José da Silva, os esclarecimentos ainda não são suficientes para se chegar a uma conclusão. “Tudo que ele disse na verdade foi visto com reservas. Vamos ainda ouvir testemunhas, a equipe do Samu e aguardar o laudo do Instituto de Criminalística para concluir se de fato ele falou a verdade. Tudo que ele alega é matéria de defesa. Cabe à polícia se é verídico ou não”, informou o delegado.

Já o pai da criança só falou sobre o sentimento que tem pelo filho. “Não tinha noção de nada. Jamais queria que isso acontecesse. Meus bens preciosos são meus filhos. Quero melhorar para estar junto com ele porque tudo o que faço é para os meus filhos”. Ele ainda avisou que estava passando mal e também demonstrou arrependimento. “Se pudesse voltaria para trás para não acontecer tudo o que aconteceu. Se eu pudesse estaria no lugar do meu filho internado e, ele aqui, bem e com saúde”, lamentou.

O homem responderá ao inquérito em liberdade. Mas ele pode ser indiciado por abandono de incapaz, fuga e omissão de socorro. O menino, que teve traumatismo craniano, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital das Clínicas de Botucatu. 

Na chegada à delegacia, o pai do menino não quis falar com a imprensa.  (Foto: Alan Schneider/G1)
Pai do menino escondeu o rosto na chegada à delegacia. (Foto: Alan Schneider/G1)
 

Sobre o acidente
A ocorrência foi na Avenida José Henrique Ferraz. O motorista perdeu o controle da direção e atingiu a traseira de um caminhão estacionado. Pessoas que pararam para ajudar disseram que o menino foi encontrado desacordado.

O pai teria deixado o local alegando que buscaria por ajuda, mas não retornou. de acordo com o Serviço de Urgência e Emergênica, que fez o atendimento do menino, ele estaria no banco da frente, o que explica os graves ferimentos na cabeça. No entanto, a polícia investiga este fato, que deve ser comprovado pela perícia técnica.

Pai presta depoimento no 1º Distrito Policial de Bauru.  (Foto: Alan Schneider/G1)
Pai prestou depoimento no 1º Distrito Policial de Bauru. (Foto: Alan Schneider/G1)
Familiares acreditam que pai pode ter batido a cabeça no acidente, devido aos estragos do carro.  (Foto: reprodução/ TV Tem )
Familiares acreditam que pai pode ter batido a cabeça no acidente  (Foto: Reprodução/ TV Tem)

Para ler mais notícias do G1 Bauru e Marília, clique em g1.globo.com/sp/bauru-marilia.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!