Rapper brasileiro lança clipe sobre situação no país e clipe ‘bomba’ nas redes; assista

Rapper brasileiro lança clipe sobre situação no país e clipe ‘bomba’ nas redes; assista

 
Da redação

Atualizado em 28/05/2018 às 20:20

Crédito da Foto: Imagem do videoclipe

O rapper MC Sid, do Distrito Federal, lançou neste domingo (27/5), a música “Brasil de quem?”, falando sobre o atual cenário no país, tendo como gancho a greve dos caminhoneiros. No vídeo, em que o artista aparece vestido com uma camisa da Seleção Brasileira de futebol, também são exibidos trechos de reportagens.

Citando diversas situações desencadeadas pelo movimento dos grevistas, além de outras já rotineiras, como problemas na saúde e educação, o clipe ultrapassou a marca de 500 mil visualizações no YouTube (até a publicação desta nota). Confira letra e clipe, abaixo.

Brasil de quem? – MC Sid

Brasil. País de poucos

Bem-vindo ao Brasil
Único país do mundo
em que a gasolina é cara que nem cocaína, ‘fi’

E ter um ensino de qualidade é uma fortuna
e as escolas não te educam
só te passam disciplina

Onde uma alimentação básica
de arroz, feijão, carne e milho
é mais cara que um salário mínimo

Onde o plano de saúde
é caro pra car****
e hospital público é mais cheio
do que carro de palhaço

O Brasil é o único país do mundo
que toda vez que tem greve
o povo só põe a culpa no povo

‘Cês’ não consegue ver
o quão grave esse país tá
porque seus pais te pagam
pra ficar em casa coçando o ovo

Isso me lembra 2013, de novo
A culpa era da Dilma, ela saiu
e eu não to vendo um país novo
PT e PSDB são farinha do mesmo saco
que fermenta e a população não come o bolo

A nossa gasolina é vendida
pra Bolívia e Colômbia
por um quarto do preço que é aqui
porque é típico do brasileiro
babar o ovo do estrangeiro
e não se importar com quem mora aqui

Os caminhoneiros foram geniais
parar o transporte pra não ter gasolina
e nós ‘ganha’ a briga

Os donos dos postos
foram inteligentes de dobrar o preço
tu que foi burro de entrar na fila

Se fosse por mim, o país mudava
o Hip-Hop é a revolução que berra
Se fosse por nós, o país parava
pra mostrar pra esses ‘filhas’ da p***
de quem que é essa terra

Eu voto ‘sim’ pra revolução
mas pro Temer, não
eu sou novo, mas não sou burro, irmão

Acho ridículo um presidente
que é sem moral
usar as forças armadas
pra tentar calar a população

A união faz a força
das multidões, das revoluções
lembre-se sempre: somos milhões

E toda vez que eu olho pro Senado
eu lembro do conto de Ali Babá e os 600 ladrões

Quem dera todo político e suas famílias
fossem obrigados a usar o serviço público infernal
porque eu duvido que ele roubasse um real de verba
se fosse a mulher dele na fila do hospital

É triste ver que esse país só acorda em greve
agora geral vê que a situação ta grave
e eu trabalho com rap pra que o país mude em breve
e alfabetize os ‘moleque’ pra ler minhas ‘frase’

Bendito é o fruto
A greve é um direito constitucional, irmão
e já que o Senado não vai mudar nada,
a população muda
‘É’ nós por nós… Sempre

ASSISTA AO CLIPE:

 

https://youtu.be/4Y_5uJpSOZM

 

LEIA MAIS: Ferry-boat aumenta o horário entre as viagens para economizar combustível

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!